Educação Financeira

Vamos falar sobre dinheiro com as crianças?

Se os ensinamos a andar e a se alimentar, os educamos e explicamos que brincar é bom e estudar é necessário, por que não falamos sobre educação financeira com os nossos filhos?

Essa conversa não significa só ensinar a cortar gastos, economizar e juntar dinheiro. É um mecanismo para definir prioridades e manter as finanças equilibradas durante toda a vida.

Quando você tem essa consciência desde cedo, na infância, por exemplo, o valor do dinheiro tem mais significado. Por isso, é importante deixar as crianças cientes que esse dinheiro vem do trabalho e do esforço dos pais.

Veja algumas dicas de como falar abertamente sobre esse assunto:

Aqui em casa falamos sobre tudo, inclusive a mesada

Não há dúvidas que a mesada ajuda sim na educação financeira das crianças e dos adolescentes. No entanto, deve haver um conhecimento e compreensão sobre o motivo de estar ganhando esse dinheiro e como usá-lo corretamente.

O valor e a periodicidade da mesada vão variar de acordo com a idade da criança e a individualidade da família. Por exemplo, para os pequenos, é interessante começar com uma semanada e, aos poucos, passar para quinzenada até chegar na mesada de fato.

É importante também que elas aprendam a como lidar melhor com os gastos e ter uma certa noção de gerenciamento dos seus custos, entender que para conseguir comprar algo, muitas vezes, será necessário poupar.

Mostre a importância de investir

Após estimular a curiosidade do seu filho sobre o valor do dinheiro, utilize exemplos básicos sobre investimentos: pode ser um brinquedo, uma roupa ou até mesmo algum mantimento do supermercado.

Estimule o hábito

Para as crianças mais novas, ter um cofrinho pode ser uma excelente ideia, especialmente para implementar na mente delas a importância de poupar recursos.

Explique que é importante guardar dinheiro e, juntos, decidam uma data para abrir o cofre e destinar um bom uso para o dinheiro acumulado.

No entanto, você pode substituir o cofrinho por uma aplicação programada na Banricoop ou uma mesada digital. Acesse: https://banricoop.coop.br/produto/supermax/

Propicie leitura sobre o tema

Para as crianças, a educação financeira deve ser ensinada principalmente por meio de ações com a criação de novos hábitos. Porém, algumas leituras também são importantes. Afinal, trata-se de um conhecimento que pode ser aprimorado tanto com a prática, quanto com a teoria. Procure livros que sejam recomendados para a faixa etária do seu filho.

Ensine a pensar no longo prazo

O dinheiro já está na mão e tem lugar para ficar guardado, agora é preciso decidir o que será feito com ele. Ensine a criança sobre a necessidade de poupar uma quantia de todo pagamento que ela receber para atingir algum objetivo importante.

Mostre a ela como é possível ter bens de alto valor quando se passa um bom tempo acumulando o capital, investindo e gerenciando seus próprios recursos de maneira consciente.

Quer entender de uma forma bem didática? Assista esse conteúdo em nosso canal do YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=baqXAsRtgeA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.