Ir para o conteúdo principal

Blog


9 dicas simples para cuidar melhor do seu dinheiro

9 dicas simples para cuidar melhor do seu dinheiro

Sabemos que educação financeira não é assunto simples e necessita de constante manutenção e cuidado. Pensando nisso, indicamos algumas sugestões práticas que podem ser aplicadas no dia-a-dia a fim de melhorar sua saúde financeira:

1. Saiba exatamente quanto você ganha e quanto você gasta:  Muita gente define seu salário dizendo ganhar “mais ou menos x reais”. Não é bem assim. Saiba quanto exatamente entrou na sua conta todo mês para poder fazer um planejamento eficaz em cima desse valor.

2. Comece o controle o quanto antes e não fique no “amanhã eu faço isso”: Às vezes evitamos alguns assuntos para adiar o aborrecimento, mas não se engane: as dívidas não vão sumir de uma hora para outra. É preciso dar o primeiro passo e começar as mudanças.

3. Não abandone seu controle: Faça do controle de gastos um hábito para que isso vire parte da sua rotina, não algo que você faz apenas quando precisa, ou não vai adiantar de nada.

4. Não confie nas contas que você faz de cabeça: O dia-a-dia é cheio demais e você não é uma máquina capaz de registar tudo sem sombra de dúvidas. Mantenha algum registro escrito dos gastos e você poderá ficar mais tranquilo e seguro.

5. Verifique despesas com serviços pelos quais você paga e não usa: Já falamos aqui sobre esse hábito de manter a contratação de coisas inúteis apenas por preguiça de lidar com o cancelamento. Sabemos que, a depender do serviço, cancelar ou modificá-lo pode ser difícil, mas é algo de muita importância para o bom andamento de suas finanças.

6. Reavalie seus gastos mais pesados: Cortar os pequenos gastos é importante, mas não servirá de muita coisa se os grandes também não forem avaliados. Despesas com o carro e com a casa também merecem uma ponderação, mesmo que resulte em mudanças mais radicais.

7. Organize sua vida no geral: Gastos com vestuário, lazer, mercado, etc. Pensar se você realmente precisa de tudo o que vem adquirindo é importante para diagnosticar a origem dos seus problemas financeiros.

8. Organize sua carteira: Cartão de crédito ainda é o grande causador de dívidas que as pessoas contraem com os bancos, então tenha sempre o mínimo de cartões possível a disposição, principalmente aqueles específicos para algumas lojas. Pague tudo no débito.

9. Baixe o aplicativo do seu banco: Hoje em dia existem muitas informações e serviços que é possível dispor sem ir à agência e isso pode facilitar muito sua vida. Os associados Banricoop podem encontrar aqui o download do Banricoop Mobile.

 
Fonte:
Revista Exame

Comentários