Ir para o conteúdo principal

Blog


Educação financeira também é assunto de casais: teste avalia a sintonia de vocês no âmbito financeiro

Educação financeira também é assunto de casais: teste avalia a sintonia de vocês no âmbito financeiro

 

O dia dos namorados está chegando e se engana quem acha que educação financeira não é assunto para casais. Pode não ter o apelo mais romântico de imediato, mas se tratando de casais que já estão juntos há algum tempo ou planejam um futuro juntos, pensar em finanças pessoais é também um jeito de preservar a relação.

Afinal, inúmeras insatisfações pessoais advêm de problemas financeiros e a situação não é diferente numa relação, especialmente quando o casal mora junto ou pretende fazê-lo – bem como a questão dos filhos.

Diálogo, sinceridade e comprometimento são itens essenciais em qualquer relacionamento saudável e nisso também entra as finanças pessoais dos envolvidos, pois ser parceiro a respeito de assuntos como esse é fundamental.

Pensando nisso, elaboramos essas perguntas para você testar como anda a sintonia do casal sobre assuntos financeiros. Responda sem medo e com sinceridade:

1) Como vocês são na hora de comprar?

A - ( ) Agimos livremente, sem depender da aprovação do outro.

B - ( ) Um de nós é mais consumista e o outro tem os pés no chão, o que equilibra.

C - ( ) Nós dois somos cuidadosos e controlamos as nossas despesas.

D - ( ) Juntos não passamos vontade! Usamos cartão de crédito e cheque especial.

 

2) Como vocês estabelecem os passeios?

A - ( ) Quem convida paga tudo, assim fica mais fácil.

B - ( ) Um se preocupa mais com o prazer, o outro com os gastos. Às vezes nos desentendemos.

C - ( ) Definimos o local juntos, com antecedência e dividimos as despesas.

D - ( ) O prazer é a nossa prioridade, afinal a vida é uma só.

 

3) Quem faz as contas?

A - ( ) Cada um faz as suas contas.

B - ( ) Um de nós controla tudo.

C - ( ) Fazemos as contas juntos.

D - ( ) Nenhum de nós. Para quê fazer contas?

 

4) Um sabe o quanto o outro recebe todos os meses?

A - ( ) Não costumamos falar sobre isso.

B - ( ) Apenas um de nós cuida dos números, é mais prático.

C - ( ) Sim, falamos de dinheiro abertamente.

D - ( ) Não, isso invade a privacidade do outro.

 

5) Quem ganha mais dinheiro, decide mais?

A - ( ) Sim. Afinal, a pessoa batalhou para conseguir esse dinheiro.

B - ( ) Não, a palavra final é de quem conhece a fundo a nossa situação.

C - ( ) Mesmo havendo diferença nos ganhos, tomamos as decisões juntos.

D - ( ) Não há decisões a dois, cada um age como acha melhor.

 

6) De que forma vocês se organizam para realizar os sonhos?

A - ( ) Temos alguns sonhos, mas o dinheiro não é suficiente.

B - ( ) Um de nós sempre toma a frente para saber dos custos.

C - ( ) Conversamos bastante e estamos guardando dinheiro para realizá-los.

D - ( ) Não temos planejamento para realizações futuras.

 

7) Questão extra para casais que compartilham dívidas: Como vocês controlam essa situação?

A - ( ) A responsabilidade é de apenas um, não tem por que preocupar os dois.

B - ( ) Dividimos da seguinte maneira: cada um paga metade.

C - ( ) Pagamos as parcelas em dia e cada um dispõe da quantia proporcional ao seu salário.

D - ( ) Temos dificuldades em pagar em dia e quitar essas dívidas.

Some os pontos: A = 2 pontos / B = 3 pontos / C = 4 pontos / D = 1 ponto

Resultados:

A partir de 25 pontos

Juntos até que a morte nos separe, e não o dinheiro! Parabéns! Vocês formam um casal que tem cumplicidade nas finanças. Continuem sendo parceiros na administração do dinheiro e deem cada vez mais atenção aos seus sonhos. Estabeleçam os objetivos que desejam conquistar juntos, orcem os custos e cortem despesas para realizá-los.

De 14 a 24 pontos

Amor, amor, dinheiro à parte. Apesar de respeitarem o espaço um do outro, vocês não estão em completa sintonia. Sabemos que falar sobre dinheiro pode ser estressante e conflituoso quando não há educação financeira. Porém, evitar o assunto pode gerar desavenças ainda maiores no futuro. Conversem abertamente: façam um diagnóstico de sua situação financeira, conheçam os ganhos e os gastos um do outro e estabeleçam objetivos.

Até 14 pontos

Baixa sintonia financeira. Apenas um ou, pior, nenhum dos dois é comprometido com o controle das finanças. Aproveitem a proximidade do Dia dos Namorados e se deem esse presente: conversem abertamente sobre seus salários, suas despesas e os objetivos que têm na vida. Do contrário, correm sérios risco de entrar em endividamento e até mesmo se tornarem inadimplentes no futuro. Lembrem-se que o diálogo aumenta a cumplicidade e faz com que vocês estejam sempre na mesma sintonia. Confiram nossa seção de Educação Financeira e nosso serviço de Consultoria Financeira para ajudá-los nessa jornada.

Fonte:
InfoMoney

Comentários