Ir para o conteúdo principal

Blog


Como e por que brasileiros estão voltando a estudar após os 40 anos

Como e por que brasileiros estão voltando a estudar após os 40 anos

Trata-se de uma junção de fatores já conhecidos: aumento na média de expectativa de vida, necessidade de trabalhar por mais tempo em razão do sonho da aposentadoria postergado e a competitividade no mercado de trabalho.

Exigência – O tempo em que “ser bom” em algo era garantia de um empregou ficou para trás. Cada vez mais o nível de exigência nas qualificações dos contratados se eleva – ainda que a remuneração média da categoria não acompanhe esse investimento todo. Mesmo brasileiros com décadas de experiência numa área têm voltado a estudar para se atualizar ou melhorar o currículo.

Crise – Também em razão da crise financeira que gera instabilidade econômica e desemprego, é cada vez mais comum enxergarmos pessoas com nível superior se aventurando em outras áreas para obter seu sustento. Isso leva o profissional já formado a buscar outras qualificações, visto que seu plano de carreira teve que ser alterado.

Aposentadoria – A insegurança que ronda o sistema de previdência público também tem deixado muita gente desconfortável e se preparando para passar mais anos no mercado de trabalho do que o previsto, já que a aposentadoria, ainda que aconteça, pode não ser o suficiente para a manutenção dos gastos. Pensando nisso, oferecemos o Prevcoop que você pode conhecer aqui.

Satisfação pessoal – Há, também, um outro efeito da longevidade na vida do brasileiro: o da inquietação e sede de conhecimento. Vivemos por mais tempo e com melhor saúde mental e física, portanto, apesar do cansaço de uma vida inteira de trabalho, há uma vontade de aprender nessa faixa etária que costumava só pensar em descansar.

Isso tudo nos convida a reflexões interessantes, como a dinâmica de ensino superior para turmas com alunos de faixas etárias bem distintas, a “nova cara” do estudante brasileiro, o foco na formação para quem já é formado, etc. Temos muito a crescer nesses novos tempos e conte com o CrediEnsino da Banricoop para te auxiliar, bem como os convênios de educação ofertados.

Fonte:
Folha de São Paulo

Comentários