Ir para o conteúdo principal

Blog


5 itens essenciais para o sucesso do seu empreendimento

5 itens essenciais para o sucesso do seu empreendimento

Sabemos que a vida financeira de cada um pode encontrar uma série de percalços, e isso não é diferente quando se trata de uma empresa. As dificuldades podem ser ainda maiores para o marinheiro de primeira viagem, que não tem experiência ou formação na área administrativa. Confira abaixo cinco dicas para ter mais eficiência e tranquilidade em seu empreendimento:

1ª - Planejamento financeiro:  É com ele que a empresa tem controle de gastos, de receitas e tem ideia de quanto ganha, quanto precisa investir e o que precisa pagar. Todo grande objetivo precisa de um plano definido para se basear, deixe o improviso apenas para os contratempos extraordinários.

2ª - Capital de giro: São os recursos que a empresa precisa manter no dia a dia. Envolve fornecedor, estoques e contas a receber. É muito importante para pequenas e médias empresas e o registro correto desses recursos é essencial para o controle. Caso você precise uma força nesse aspecto, conheça o CrediEmpreender Capital de Giro da Banricoop.

3ª - Cuidados com o endividamento: O alto endividamento pode aumentar o risco da empresa e comprometer a capacidade de pagamento dela. Por isso, o pequeno empreendedor precisa ter controle do tipo de dívida que tem, do volume de dívida e das taxas de juros.

4ª - Margens e lucro: Há a margem bruta, relacionada ao lucro bruto, a margem operacional e a margem líquida. Com as margens, o pequeno empresário consegue ter o controle das variáveis e saber como elas afetam os lucros da empresa. Essa perspectiva é primordial porque não basta apenas saber o dinheiro que entra no empreendimento, pois tão importante quanto isso é saber o valor que necessariamente terá que sair em razão dos custos operacionais fixos. Para que as contas fechem, precisam estar em harmonia o que você ganha e o que você gasta.

5ª - Planejamento estratégico: É a área que vai integrar todas as outras áreas da empresa. A área de finanças não pode ficar isolada, separada do marketing, por exemplo. As áreas precisam conversar e estar em um planejamento maior para a empresa conseguir se consolidar em longo prazo.

Dadas as devidas proporções, todas as dicas acima servem não apenas para a saúde financeira de um empreendimento, mas também a da vida pessoal e familiar. A educação financeira possui vários aspectos e consciência, controle e planejamento são os pilares essenciais para que tudo flua bem.

Fontes:
Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Sebrae

Comentários